3º BQ(en)cena traz a Brusque e Guabiruba o espetáculo Um Príncipe Chamado Exupéry, da Cia Mútua (SC), nos dias 20 e 21 de junho

Um jovem e destemido aviador. Ele e seus amigos juntos formam os cavaleiros do céu. Enfrentam o céu, o mar, a noite, o deserto, as montanhas e as tempestades para cumprir o ofício: transportar o correio aéreo. Esse é o enredo do espetáculo Um Príncipe Chamado Exupéry, da Cia Mútua (SC), que o 3º BQ(en)cena traz a BrusqueGuabiruba nos dias 20 e 21 de junho. No dia 20, em Brusque, as apresentações ocorrem no ginásio da Escola de Educação Básica Feliciano Pires e no dia 21, em Guabiruba, no ginásio da Escola de Educação Básica Prof. João Boos. Nas duas escolas em dois horários distintos, às 19h, aberto ao público em geral, e às 20h50, para alunos das instituições. A entrada é gratuita e as vagas para o público externo são limitadas. Para reserva de ingresso, os interessados precisam enviar nome completo e CPF para o e-mail contato@prismacultural.com.br. A classificação etária é a partir de 8 anos.

Com direção de Willian Sieverdt, e atuação de Mônica Longo, Guilherme Peixoto, Luis Melo e Laura Correa, o espetáculo de teatro de animação da Cia Mútua é inspirado na vida do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, entre 1926 e 1944. Antes dele ter se tornado conhecido mundialmente por seu romance, O Pequeno Príncipe, Saint-Exupéry trabalhou para a Companhia de Correio Aéreo Aéropostale e, em uma época em que os aviões eram quase de papel, ele entregava cartas em escalas de vôos diários, que se estendiam pela Europa, África e América do Sul. Uma de suas escalas era na praia do Campeche, em Florianópolis, Santa Catarina, local onde ele ficou eternizado como “Zéperri”.

A montagem da peça ocorreu entre junho de 2009 a agosto de 2010, totalizando 14 meses de pesquisa, produção e ensaios, antes da estreia em 27 de agosto de 2010. A pesquisa abrangeu o estudo da vida e da obra de Saint-Exupéry, por meio da leitura de seus livros e de sua biografia completa, da pesquisa de campo realizada no Brasil e na França e da entrevista de pessoas ligadas direta ou indiretamente ao personagem, como seu sobrinho-neto, François D´Agay e Dona Chica, esposa do pescador de Florianópolis, Rafael Manoel Inácio, o Seu Deca. A produção dos bonecos e da cenografia foi planejada a partir de maquetes, story-boards, protótipos e desenhos, elaborados a partir do livro Dessins, Aquarelles, Pastels, Plumes et Crayons, de Antoine de Saint-Exupéry, que contém todos os desenhos do artista, desde 1910, quando ele tinha 10 anos, até o seu desaparecimento em 1944.

O espetáculo Um Príncipe Chamado Exupéry, da Cia Mútua (SC), foi contemplado pelos prêmios Myriam Muniz (2008 e 2012); Caixa Cultural São Paulo e Brasília; Elisabete Anderle (2009); Em Cena Catarina Sesc, circulação por 24 cidades de Santa Catarina (2011), Sesc Palco Giratório, circulação por 15 estados do Brasil (2012); e selecionado para a 3ª temporada de teatro do BQ(en)cena 2017/2019. A Cia Mútua, fundada em 1993, está atualmente estabelecida na cidade de Itajaí, Santa Catarina, e desde 2002 pesquisa o teatro de animação, produzindo e apresentando espetáculos, além de dedicar-se a projetos de formação na área.

BQ(EN)CENA
A terceira temporada do BQ(en)cena ocorre de outubro de 2017 a abril de 2019, com apresentações nas cidades de Brusque, Botuverá, Guabiruba, Nova Trento e Florianópolis. Com realização do Ministério da Cultura e PrismaCultural, o 3º BQ(en)cena conta com o apoio, patrocínio máster, das empresas Guabifios e Trust Trading Company; e, patrocínio standard, do Supermercados Archer, Zen S/A e ZM S/A. Acompanhe as notícias e as novidades pelo www.prismacultural.com.br ou www.facebook.com/prismaculturall

0001SERVIÇO
3º BQ(en)cena apresenta Um Príncipe Chamado Exupéry, da Cia Mútua (SC)
Dia 20 de junho, em Brusque
Às 19h, aberto ao público externo (vagas limitadas)
Às 20h50min, apresentação para alunos da escola
Local: Ginásio da Escola de Educação Básica Feliciano Pires (Rua Rodrigues Alves, 250, Centro 1, Brusque)
Dia 21 de junho, em Guabiruba
Às 19h, aberto ao público externo (vagas limitadas)
Às 20h50min, apresentação para alunos da escola
Local: Ginásio da Escola de Educação Básica Prof. João Boos (Rua Brusque, 623, Centro, Guabiruba)
A entrada é gratuita. As vagas para o público externo são limitadas. Para reserva de ingresso, os interessados precisam enviar nome completo e CPF para o e-mail contato@prismacultural.com.br
Classificação indicativa a partir de 8 anos
Duração: 50min

TEASER: https://www.youtube.com/watch?v=dUD7FTzE-rM

FICHA TÉCNICA
Roteiro/Dramaturgia: Mônica Longo, Guilherme Peixoto e Willian Sieverdt
Elenco: Mônica Longo e Guilherme Peixoto
Direção: Willian Sieverdt
Cenografia: Jaime Pinheiro
Mecanismos de bonecos e cenários: Paulo Nazareno
Sonoplastia e trilha sonora original: Guilhermo Santiago e Paulo Zanni
Engenharia de Iluminação: Giba de Oliveira
Desenhos: Marcos Leal
Figurinos: Lenita Novaes
Escultura dos bonecos: Mônica Longo
Designer gráfico: Leandro De Maman
Pintura de estrutura cênica: Luis Melo
Pintura de bonecos: Luis Carlos Vigarani
Pintura de cenários: Guilherme Peixoto e Mônica Longo
Preparação de atores: Ângela Finardi
Consultoria de pesquisa: Mônica Cristina Corrêa
Operação de luz: Laura Correa
Operação de som: Luis Melo
Pesquisa, produção e realização: Cia Mútua

A PrismaCultural agradece as 522 inscrições de espetáculos , vindas de todo território brasileiro.

Edital de seleção de espetáculos teatrais para o 3º BQ(en)cena bate recorde em número de inscrições

522 propostas, vindas de 19 estados brasileiros, mais Distrito Federal, serão analisadas pelos jurados e o resultado final sai até o dia 6 de outubro

Artes cênicas. O edital de seleção de espetáculos teatrais para compor a terceira temporada do BQ(en)cena recebeu número recorde de inscrições. 522 propostas, vindas de 19 estados brasileiros, mais Distrito Federal, serão analisadas pelos jurados nos dias 19, 20 e 21 de setembro e a lista com os 22 espetáculos selecionados será publicada no site www.prismacultural.com.br até o dia 6 de outubro.

“Tivemos mais inscritos do que a soma das duas primeiras edições juntas (436). Mas isso só foi possível por conta do grande apoio que a equipe teve dos atores, produtores culturais, das companhias de teatro, do Ministério da Cultura pela realização, das empresas patrocinadoras, dos veículos de comunicação pela ampla divulgação, da classe artística que partilhou e compartilhou em suas redes sociais. Só temos a agradecer! Agora, vamos aguardar a decisão dos selecionadores e seguir em frente, na construção de uma cultura cênica maior e melhor à nossa comunidade”, comenta o diretor da PrismaCultural, Sérgio Valle.

Serão 22 espetáculos teatrais selecionados: seis nacionais, nove espetáculos estaduais, dois locais e mais cinco espetáculos alternativos. O time de selecionadores será composto por Kil Abreu, jornalista, crítico e pesquisador, membro da Associação Paulista de Críticos de Arte (APCA) e curador no Centro Cultural São Paulo (CCSP); por Luciana Eastwood Romagnolli, crítica de teatro, fundadora do site Horizontedacena.com, com atuação em diversos festivais do país, doutoranda em Artes Cênicas na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo; e por Valmor Nini Beltrame, ator, diretor, dramaturgo, escritor, doutor em artes pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), dedicado à produção e estudo do teatro de animação.

Com realização do Ministério da Cultura e PrismaCultural, o 3º BQ(en)cena conta com o apoio, patrocínio máster, da Guabifios e Trust Trading Company; e, patrocínio standard, do Supermercados Archer, Zen e ZM. Acompanhe as notícias e as novidades pelo www.facebook.com/prismacultural ou pelo www.instagram.com/prismacultural

PRISMACULTURAL
Fundada em 2006, com o objetivo de ampliar o acesso à arte e à cultura, tendo como foco principal o município de Brusque e região, em Santa Catarina. Tem a premissa de auxiliar na mudança positiva do DNA dos grupos e sociedade em que está inserida, através da ampliação do acesso a bens e serviços artístico-culturais, com projetos de médio/grande porte, nacional e regional. Entre as principais produções estão: Revitalização do Centro Cultural Azambuja (2007/2009); Realização do BQ(en)cena (1ª, 2ª e 3ª edição); Coordenação dos projetos incentivados para realização do espetáculo “Paixão e Morte de Um Homem Livre”, da Associação Artística e Cultural São Pedro, em Guabiruba, além de receber Prêmio Funarte de Concertos Didáticos, como proponente e produção executiva, do espetáculo “Canções e Danças”.

PRISMACULTURAL REALIZA DEBATE SOBRE ARTE COMO CONSTRUÇÃO DA CIDADANIA E FORMAÇÃO PROFISSIONAL

Na próxima terça-feira, 7 de julho, às 19h30, no auditório do Centro Empresarial, Social e Cultural de Brusque (CESCB), será realizado o debate “Arte: construção da cidadania e formação profissional”, promovido pela PrismaCultural.  O evento integra o 2º Edital e Temporada de Teatro e vai reunir os selecionadores Kil Abreu (São Paulo), Luciano Alabarse (Rio Grande do Sul) e Valmor Níni Beltrame (Santa Catarina), além de representantes de entidades públicas e do setor cultural de Brusque e região.

São convidados a prestigiar o evento os artistas em geral, produtores culturais, estudantes universitários, profissionais que atuam nas áreas de marketing e departamento financeiro, gestores de cultura e demais interessados em arte enquanto valor cultural e instrumento para a formação de riqueza e renda.

A entrada é franca.

 

Seleção de projetos inscritos inicia na segunda-feira

Segue até domingo, 5 de julho, as inscrições para o 2º Edital e Temporada de Teatro, realizado pelaPrismaCultural. Já a seleção dos trabalhos inscritos inicia na manhã de segunda-feira, 6 de julho, com a presença dos selecionadores Kil Abreu, Luciano Alabarse e Valmor Níni Beltrame, nas dependências do CESCB.

Em 2015 o projeto vai selecionar sete espetáculos nacionais e dois espetáculos regionais. Além disso, estão previstos mais três espetáculos convidados e uma Oficina/Montagem Teatral, de até 200 horas, para jovens atores ou interessados em conhecer e fazer teatro. Ao todo, serão 30 apresentações, realizadas entre o segundo semestre de 2015 até agosto de 2016.

“O objetivo do 2º Edital e Temporada de Teatro é garantir o acesso das pessoas à produção artística do país e, ao mesmo tempo, oportunizar que os profissionais de teatro possam disseminar sua arte em Brusque, que compreende uma regional formada por oito municípios. Além disso, o projeto pretende facilitar o acesso a uma programação que mostre parte da produção de teatro nacional, promovendo a formação de novas plateias, a consolidação das já existentes, o intercâmbio de saberes e práticas entre artistas, técnicos, estudantes e gestores culturais de toda a região de Brusque”, explica o diretor daPrismaCultural, Sérgio Valle.

O edital está disponível no endereço eletrônico da PrismaCultural (www.prismacultural.com.br) e todo o processo de inscrição e envio de material é online, garantindo a acessibilidade de artistas de todo o Brasil.